Do dia 16 ao dia 25 de cada mês

Recordação do 8º encontro dos
Amigos da Irmã Rita – Avessadas
26/05/2013


A minha paixão começou no estábulo de Belém. Quero reinar nas famílias, sofrer nas famílias, santificar as famílias, observar as leis da família. Quero rezar nas famílias, quero encorajar as famílias“.

Dos escritos da Irmã Maria Rita de Jesus

A Serva de Deus Irmã Maria Rita de Jesus (1885-1965), das Franciscanas Missionárias de Nossa Senhora, foi Apóstola predileta do Menino Jesus, dedicando toda sua vida a divulgar esta devoção, através da imagem do Menino Jesus de Praga. Na sua profunda vida de oração, Nosso Senhor foi lhe mostrando que sua missão era, entre outras coisas, entronizar este Divino Rei, em todos os lugares: “Na Igreja, nos lares, nas oficinas, nos ateliers, nos mercados etc”. E como parte integrante da devoção ao Divino Infante, também devia promover uma celebração mensal semelhante ao “culto que se faz e que sempre se fez ao Meu Coração Sagrado“. Tal celebração acontece no dia 25 de cada mês, dia em que o Menino Jesus é honrado de modo todo particular e solene.  Portanto, do dia 16 ao dia 24 de cada mês, os devotos do Menino Jesus fazem uma novena preparando o dia 25.


NOVENA AO MENINO JESUS DE PRAGA

Primeiro dia (16)
Prática – Honrar o Divino Coração do Menino Jesus

Ó Divino Menino Jesus, dulcíssimo cordeiro de Deus, eu me prostro diante de Vós e adoro o Vosso Santíssimo Coração ardente de amor por Vosso Pai e por nós. Vós sois verdadeiramente o Deus de amor de que é próprio amar e querer ser amado. A Vossa bondade é tal que sois levado a fazer-me bem, embora eu tantas vezes Vos tenha feito mal! Vós não vos fizeste pequenino senão para me fazerdes compreender que não sois senão bondade e pronto a atrair-me a Vós. Vós dissestes que vieste para os pecadores como eu, para os pobres e para todos os que sofrem.

Ó coração bondosíssimo do meu Jesus, como será possível não Vos amar?! Como querer ainda maltratar-vos com os meus pecados?! Como, sobretudo não ter confiança em Vós, que não rejeitais ninguém que Vos invoque e que tendes o poder de apagar todos os nossos crimes e de reparar todos os males?! A Vossa bondade manifesta-se nos nossos dias nesta piedosa imagem que Vos representa e pela qual Vós derramais os vossos benefícios no universo inteiro. Espero que honrando-a alcançarei as vossas graças; mas a primeira que Vos peço é a de Vos amar.


Após a prática de cada dia, rezar a Ladainha e a Oração da Irmã Rita (que estão ao final)


Segundo dia (17)
Prática – Honrar hoje a Sagrada Cabeça do Menino Jesus

Ó Divino Menino Jesus, prostrado aos Vossos pés adoro a Vossa sacratíssima cabeça coroada de glória e majestade. Vós sois o meu Criador e Supremo Rei. Que felicidade termos um Soberano como Vós! Quando tendes razão de dizer: “O meu jugo é suave e o meu peso é leve. Vinde fazer a experiência de que sou manso e humilde do coração”. Sim, é suave servir-vos, ó meu Deus; mas que negra escuridão servir as paixões, o demônio e o mundo! Só a vós, daqui por diante, terei como único mestre, ó meu Divino Menino.

Eu vos adoro humildemente e me alegro com as honras que recebeis em todo o Universo na vossa piedosa imagem de Praga. Quero também honrar-vos com os Vossos servos, esperando receber com eles os Vossos favores preciosos. Peço-Vos sobretudo a graça de uma humilde submissão à Vossa divina vontade.


Terceiro dia (18)
Prática – Honrar a face doce e graciosa do Menino Jesus

Ó Divino Menino Jesus, eu me prostro a Vossos pés, quedando-me maravilhado da deslumbrante e santíssima beleza da Vossa face. Que terna majestade, que doce e serena bondade! Não me admiro que todo o mundo se sinta atraído por Vós. Ó mais belo dos filhos dos homens, atraí-me também a Vós pelo poder dos Vossos encantos puríssimos e arrastai-me até aos braços do vosso Pai.

Senhor Jesus, mostrai-me a Vossa face favorável, e serei salvo. Muitas vezes os pecadores têm visto a Vossa imagem esconder a Vossa face santíssima ou mostrar-se triste ou severa. Eu vo-lo peço: que não sejais para mim o Cordeiro irritado, pois que me arrependo sinceramente das minhas faltas; mas sede o Cordeiro misericordioso que apaga os pecados do mundo.

Alegro-me por tantos fiéis terem sido atraídos pela Vossa graciosa imagem de Praga, que a maldade dos ímpios deixou outrora sete anos na poeira; eu quero honrá-la para que Vos digneis atender-me e abençoar-me. Eu Vos peço em particular o perdão dos meus pecados e o desprendimento das criaturas.


Quarto dia (19)
Prática – Honrar os pezinhos sagrados do Menino Jesus

Ó Santo Menino Jesus, prostro-me a Vossos pés mil vezes benditos. Beijo-os com respeito e amor. Como são belos, estes pezinhos que trouxeram a paz e a salvação do mundo! Vós os fatigastes e feristes por mim, Divino Menino, durante a Vossa vinda do Egito e na Vossa viagem para Jerusalém quando tínheis doze anos. Mais tarde deixaste-los trespassar sobre a árvore da Cruz, para resgatar a minha pobre alma cativa. Como Madalena reconhecida, eu quero beijá-los e lavá-los com as minhas lágrimas.

Ó divino Rei, julgo-me feliz de saber que na Vossa imagem de Praga, Vós percorreis o mundo inteiro, recebendo por toda a parte honras divinas e a eleição dos corações. Espero que, sendo eu um dos Vossos dedicados adoradores, terei parte na promessa que fizestes: “Quanto mais me honrardes, mais Eu vos favorecerei”. O favor que em primeiro lugar solicito é o de seguir sempre pelos caminhos da verdade e da justiça e de fazer tudo pelo Deus que me criou.


Quinto dia (20)
Prática – Honrar as mãos divinas do Menino Jesus

Ó Divino Menino Jesus, prostrando-me a Vossos pés, adoro as vossas mãos santíssimas, puríssimas e cheias de bênçãos. Reconheço que sou com tudo o que existe, a obra da onipotência das Vossas mãos. Ó Mão criadora que sustentais o Universo! Ó Mão benfeitora que derramais os Vossos dons sobre as criaturas e os Vossos favores sobre os que Vos imploram! Mão esquerda que governais com sabedoria e castigais com justiça e misericórdia. Mão direita que abençoais, aliviais e curais; consenti que eu poise em vós os meus lábios repetindo: Sede mil vezes bendito por todos os vossos benefícios.
Ó Divino Menino Jesus, eu vos bendigo por todas as bênçãos que distribuis aqueles que veneram a Vossa Santa imagem de Praga; outrora os hereges desprezaram-na e mutilaram as suas mãos, mas tornou-se por isso mais venerável e querida aos nossos corações. Eu vos peço hoje me concedeis, por elas, um coração sempre grato pelos vossos benefícios.


Sexto dia (21)
Prática – Honrar a boca e os lábios Santíssimos do Menino Jesus

Ó Divino Menino Jesus, prostrando-me aos Vossos pés, adoro a Vossa boca sagrada. Durante a Vossa infância ela calou-se e quando falou não proferiu senão palavras de súplica a seu Pai, cheias de zelo e caridade pelo próximo.

Ó lábios divinos, de que dimana a sabedoria, instruí-nos. Ensinai-nos a guardar silêncio quando for preciso, e a falar a propósito, como convier e sempre conforme a verdade. Ensinai-nos a fugir da maledicência e duplicidade, de toda a palavra áspera e altiva ou escandalosa para com o próximo. Diz-se que algumas vezes fizeste ouvir a Vossa dulcíssima voz pela Vossa imagem de Praga. As maravilhas que por seu intermédio operais são tantas, que parecem dizer-nos a todos: “Vós todos, os que sofreis, vinde a mim e eu vos aliviarei. Pedi e recebereis; ponde-vos ao meu serviço e encontrareis a paz da alma”.

Ó Divino Menino Jesus, eu quero ser contado entre os vossos servos e Vos peço me ajudeis a nunca pecar pela língua. “Aquele que não peca pela língua, diz S. Tiago é perfeito”.


Sétimo dia (22)
Prática – Honrar o Santíssimo e pacientíssimo ouvido do Menino Jesus

Ó Divino Menino Jesus, prostrando-me aos Vossos pés, adoro o vosso Santíssimo ouvido sempre pronto a escutar-me. Quantas vezes ele foi ferido pelas impiedades que se proferiam! Do coração deploro tantas blasfêmias atiradas contra o Vosso santo nome! Apesar da minha indignidade eu vos peço que não afasteis o Vosso ouvido das minhas súplicas, e que vos torneis atento ao clamor do meu coração. Divino Menino que sois a própria bondade, escutai-me. Vós a quem nada é impossível, ouvi-me, como tendes ouvido a tantos outros. Concedei-me o que Vos peço para maior glória de Deus, Vossa honra e minha salvação.
Diante da vossa santa imagem eu vos peço, sobretudo, a virtude da paciência, que me é tão necessária. Que com socorro da Vossa graça, eu não ceda jamais ao desânimo, nem à cólera ou vingança, nem ao despeito.


Oitavo dia (23)
Prática – Honrar os olhos do Menino Jesus cheios de modéstia e doçura

Ó Divino Menino Jesus, prostrando-me diante de Vós, adoro humildemente os vossos olhos a que nada se esconde. O Vosso olhar penetra o mais recôndito das consciências, no mistério dos nossos pensamentos. De que serve dissimular, enganar esconder-se para cometer o mal! Vós vedes tudo; nada escapa à Vossa penetração. Se me tivesse lembrado sempre desta verdade, não teria tido a temeridade de Vos ofender nem ultrajar com os meus crimes. Ó Jesus que tanto chorastes os meus pecados, fazei que nunca cesse de os chorar até à morte.

Jesus, que chorastes de compaixão á vista das aflições dos homens, tende piedade de mim, pobre pecador, e fazei-me misericórdia. Diante da vossa santa imagem eu vos peço a graça de conservar habitualmente a lembrança da presença de Deus e de ser modesto nos meus olhares, segundo o conselho de Espírito Santo.


Nono dia (24)
Prática – Adorai o Menino Jesus com a Santíssima Virgem e S. José; e a exemplo Menino
Jesus, honrai Maria e José

Ó Divino Menino Jesus, prostrando-me aos Vossos pés com Maria, Vossa Santa Mãe e S. José, Vosso pai alimentador, eu Vos adoro Meu Senhor e Meu Deus. Em vista da complacência que Vosso Pai em Vós e do amor com que vos olha o Espírito Santo, não tenho nada melhor para Vos oferecer do que as piedosas homenagens de Vossos Santos Pais e todos os serviços que eles Vos fizeram durante a Vossa Santa Infância. Com que ternura e dedicação eles Vos serviram!
E Vós, ó Divino Menino Jesus, Vós, o mais obediente e amante dos filhos, Vos submetestes às suas ordens, respeitadas pela sua autoridade, cheias de reconhecimento e afeição. Pelo amor que Vós lhes tendes, eu Vos peço que tenhais piedade de mim. E Vós, ó Maria, ó José, recomendai-me a este Filho bem amado. É sobretudo pela Vossa intercessão que eu espero encontrá-Lo propício e favorável. Obtendo-me por Ele um termo e verdadeiro amor.
Ó Divino Menino Jesus, eu Vos bendigo por me terdes dado Maria por Mãe e S. José por protetor. Eu vos peço a graça duma constante devoção para Eles e uma obediência aos nossos superiores, por amor de Deus.


Dia 25
Rezar a Coroinha ao Menino Jesus


LADAINHA DO SANTO MENINO JESUS MIRACULOSO DE PRAGA

Pai celeste, que sois Deus, tende piedade de nós.
Filho Redentor do Mundo, que sois Deus, tende piedade de nós.
Espírito Santo, que sois Deus, tende piedade de nós.
Trindade Santíssima, que sois um só Deus, tende piedade de nós.

Menino Jesus, Rei da glória, tende piedade de nós.
Menino Jesus, nosso verdadeiro Deus e Senhor, tende piedade de nós.
Menino Jesus, cujo poder opera tantas maravilhas, tende piedade de nós.
Menino Jesus, cuja sabedoria perscruta o nosso coração e os nossos sentidos, tende piedade de nós.
Menino Jesus, cuja bondade está sempre pronta a socorrer-nos, tende piedade de nós.

Menino Jesus, cuja providência nos conduz ao nosso último fim, tende piedade de nós.
Menino Jesus, cuja amabilidade consola os aflitos, tende piedade de nós.
Menino Jesus, cuja Misericórdia perdoa os nossos pecados, tende piedade de nós.
Menino Jesus, cuja força sustenta a nossa fraqueza, tende piedade de nós.
Menino Jesus, cuja onipotência nos protege contra todos os males, tende piedade de nós.
Menino Jesus, cujo soberano poder triunfa do inferno, tende piedade de nós.
Menino Jesus, cuja graciosa imagem atrai os nossos corações, tende piedade de nós.
Menino Jesus, cujo doce e santo nome alegra os fiéis, tende piedade de nós.
Menino Jesus, cuja majestade enche o universo, tende piedade de nós.

De todo o mal, livrai-nos, Senhor.
De todo o pecado, livrai-nos, Senhor.
De toda a desconfiança de Vossa inefável bondade, livrai-nos, Senhor.
De toda a dúvida do Vosso poder maravilhoso, livrai-nos, Senhor.
De tibieza em Vos honrar, livrai-nos, Senhor.
De todas as penas e necessidades, livrai-nos, Senhor.
Pelos Mistérios de Vossa Santa Infância, livrai-nos, Senhor.
Ainda que pobres pecadores, nós Vos suplicamos, ouvi-nos.

Por Maria, Vossa puríssima Mãe, e por S. José Vosso pai protetor, nós Vos suplicamos, ouvi-nos.
Afim de que nos perdoeis os nossos pecados, nós Vos suplicamos, ouvi-nos.
Para que nos perdoeis as penas devidas aos nossos pecados, nós Vos suplicamos, ouvinos.
Para que aumentais cada vez mais em nós a Vossa Mão que opera tantas Maravilhas, nós Vos suplicamos, ouvi-nos.
Para que nunca retireis de nós a Vossa Mão que opera tantas maravilhas, nós vos suplicamos, ouvi-nos.
Para que conserveis em nós um coração sempre cheio de reconhecimento pelos Vossos benefícios, nós Vos suplicamos, ouvi-nos.
Para que nos abraseis cada vez mais no amor para com o Vosso Divino Coração, nós Vos suplicamos, ouvi-nos.
Para que vos digneis ouvir todos os que Vos imploram com confiança, nós Vos suplicamos, ouvi-nos.
Para que concedais a paz à nossa Pátria, nós Vos suplicamos, ouvi-nos.
Para que Vos digneis livrar-nos das desgraças que nos ameaçam, nós Vos suplicamos, ouvi-nos.

Para que concedais a felicidade a todos os que se mostram generosos para convosco,
nós Vos suplicamos, ouvi-nos.
Para que nos concedais uma Santa Morte, nós Vos suplicamos, ouvi-nos.
Para que nos sejais um juiz misericordioso, nós Vos suplicamos, ouvi-nos.
Para que sejais sempre a nossa consolação e refúgio na Vossa miraculosa imagem, nós Vos suplicamos, ouvi-nos.

OREMOS

Menino Jesus, Rei da Glória, nós Vos imploramos prostrados diante da Vossa Santa imagem, que lanceis um olhar de clemência sobre os nossos corações suplicantes e cheios de angústia. Que o Vosso coração tão bom, tão inclinado à piedade, se volte para nós e nos conceda a graça que instantemente lhe pedimos. Livrai-nos da tristeza e do desânimo, de todos os males e dificuldades que nos afligem. Pelos méritos de Vossa Santa Infância, dignai-vos atender-nos e conceder-nos a consolação e os socorros de que temos necessidade, para que Vos louvemos com o Pai e o Espírito Santo, por todos os séculos dos séculos. Amém.

LEMBRAI-VOS DO SANTO MENINO JESUS

Lembrai-vos, ó Divino Menino Jesus, que quando Vos fizestes pobre e mártir por nosso amor, dissestes: “Tudo o que pedirdes a meu Pai em meu nome, vos será concedido”. Cheio de confiança na Vossa palavra, venho implorar convosco a misericórdia do Vosso Pai para obter o triunfo da Santa Igreja e a salvação do nosso país e do mundo inteiro, a conversão de todos os pecadores, o espírito da Vossa Santa Infância e as Vossas bênçãos sobre todos os que se recomendam às Vossas orações; não desprezeis ó Divino Rei, as nossas humildes súplicas, mas, em nome de Maria Imaculada, dignai-Vos ouvi-las e atendê-las. Amém.

ORAÇÃO À SERVA DE DEUS IRMÃ MARIA RITA DE JESUS

Senhor Deus Misericordioso e compassivo, próximo da humanidade pelo mistério da Encarnação de Jesus Cristo, que destes à Irmã Rita de Jesus a graça de amar e difundir a devoção à infância do Menino Jesus e de ser alento de confiança na aflição dos doentes e dos aflitos, concedei-nos a graça de… Isto vos pedimos para honra, glória e louvor de Jesus Cristo, que curou os doentes e consolou os tristes e deu conforto aos aflitos. Por nosso Senhor Jesus Cristo vosso Filho que é Deus convosco na unidade do Espirito Santo. Amém.