Misericordias Mariae In aeternum cantabo“, escrevia São Vicente Pallotti. Eu também posso assim cantar Àquela que para mim foi sempre Refúgio dos Pecadores e Mãe de Misericórdia.

Uma das graças enormes que Ela me concedeu foi traduzir a obra “Mãe do Salvador e nossa vida interior”, do Padre Reginald Garrigou-lagrange, O. P.

Este dominicano entrou na minha vida faz muitos anos e me marcou profundamente.

Mas este livro é muito especial para mim, já que além da sólida mariologia, também mostra os frutos da doutrina mariana de São Luís Maria de Montfort e explica com beleza magistral a União com Maria. Como é preciso aprofundar o papel da Imaculada em nossa vida interior!

Destaca-se também a meditação sobre os últimos anos da Santíssima Virgem e sua profunda vida eucarística. Assim ele escreve:

Maria, no momento da Comunhão, se tornava o sacrário vivo e puríssimo de Nosso Senhor, sacrário dotado de conhecimento e de amor, mil vezes mais precioso que um cibório de ouro; ela era verdadeiramente a torre de marfim, a arca da aliança, a casa de ouro

Para adquirir este livro, clique aqui.